POLÍTICA

O mundo assiste calado a tragédia da nossa política

brasilia009 (1)

 

É um tema recorrente. Pensei em desculpar me por volver a ele. Não, não há motivo para escusas. Na verdade, é a sociedade brasileira quem deve pedir desculpas pelo seu imobilismo. Somo, enfim, nós quem devemos pedir desculpas a nossos filhos pelo momento pelo qual passamos.

Comenta se na rua o futebol. Nas redes sociais, fala se das estrelas nacionais, da novela, da música. O cotidiano parece avançar inalterado.

“ Deixa como está…”

Esta frase irrompe na bovina calmaria cotidiana. Foi dita pelo presidente Temer no telefone. Falava-se de Cunha. Negociavam o seu silêncio. Tocaram em um jurado oculto que os favoreceria.  De lá para cá, o presidente e seu partido mudou a Comissão de Constituição e Justiça a seu favor, moveu as peças. Busca a impunidade, safar-se da condenação. É o acordão.

“Deixa como está…”

Sim, o brasileiro, infelizmente, está deixando como está. O proletariado não se informa do ocorrido. Os petistas agora se preocupam com o destino de Lula. O resto da esquerda cala. A direita a princípio se divide. Há quem pense em deixar “ a coisa como está”. As bandeiras são proibidas nas ruas. Mas, talvez, os diferentes lados devessem tomar as ruas para derrubar um presidente sabidamente corrupto.

“ Deixa como está…”

Até quando, povo brasileiro?

 

Sobre o Autor

Rodrigo de Novaes

Deixe um comentário