AFRO NEWS EDUCAÇÃO

COMO TRANSFORMAR CONSCIÊNCIA NEGRA EM AÇÃO POLÍTICA?

Written by Anderson Moraes

 

 

 

 

 

 

 

Link da plataforma “ENGAJA NEGRITUDE”: 

www.educafro.org.br/engaja

 

A Educafro, uma das associações mais influentes na aprovação da Lei de Cotas, lançou neste domingo, 19, uma iniciativa que visa colocar em rede, formar politicamente e conectar, pessoas negras do país inteiro com os movimentos e partidos de renovação política, em vista de tornar estas iniciativas mais plurais, evitando o violento erro dos atuais partidos em cujas cúpulas é majoritariamente branca.

A entidade quer reforçar com esta plataforma o nosso poder de materialização. Ela é uma ferramenta para transformar consciência negra em ação política.

Segundo os apresentadores do evento, a iniciativa Engaja Negritude, é uma saída para a população que não se reconhece nos partidos e para eles são negados os acessos aos conhecimentos e as conexões mínimas para inserir-se nos movimentos de renovação política que se processa no Brasil.

Para Frei David, diretor presidente da associação, “as políticas públicas de promoção da igualdade racial não são propriedade da esquerda, centro ou direita. Independentemente do espectro ideológico queremos ocupar todos esses espaços de tomada de decisão.” Percebemos que os novos movimentos políticos, em seu núcleo de comando, não tem nem cinco por cento de negras e negros. Isto é fazer nova a política com vícios velhos. Quando falamos com estes novos líderes, eles percebem suas falhas e querem mudar! Isto é positivo! Os velhos partidos são arrogantes. Denunciamos estes erros e não dão ouvidos às nossas denuncias.

Isso é o que fundamenta parte do Manifesto da inciativa que diz: “O Engaja Negritude é um projeto coletivo, suprapartidário…, e não quer inventar nenhum movimento ou partido, mas sim, cultivar uma postura de ação política da comunidade negra.”

“Discursar sobre renovação política e trocar os atuais parlamentares por pessoas que são: homens, idade mais avançada e brancos é, no mínimo, incoerente. Precisamos tirar estes caciques, com estes perfis que não enxergaram e não irão enxergar os direitos da comunidade negra. Todas as novas iniciativas de reconstrução política não podem repetir estes erros!” Disse Samuel Emílio, coordenador de políticas públicas da Educafro e do Engaja Negritude.

Até as eleições a iniciativa quer construir uma agenda mínima de políticas públicas que promovam a inclusão racial, formar via online milhares de pessoas em prol dessa agenda e engaja-las na construção do futuro da política brasileira.

 

REAÇÃO

Durante o lançamento, os apresentadores perguntaram quem concordava com a iniciativa de engajar pessoas negras em todos os espectros ideológicos e movimentos. Cerca de 90% dos braços levantados concordaram!

“Estamos construindo um caminho de convergências. Antes de divergir ideologias, queremos encontrar aquilo que concordamos. É por isso que tivemos tanta aderência” Disse Andreza Paiva, uma das voluntárias que participa da construção da iniciativa.

 

Mais informações:

Data: 19/11/17

Local: Na reunião geral da EDUCAFRO, em sua sede nacional em São Paulo.

Horário: Das 9 às 12 horas.

Objetivo: No dia da consciência negra, alertar o país de que o debate é importante, mas a mudança só acontece com a ação!

Celular(Whatsapp): (12) 988.934.217 Samuel Emílio

 

 

Nota: texto de responsabilidade de Samuel Emílio(Educafro)

 

Sobre o Autor

Anderson Moraes

Deixe um comentário