ESPORTES SOCIAL

Times da NFL se ajoelham no hino norte americano em Londres

jaguars
Written by Jorge Monteiro

No jogo entre os times da NFL (National Football League) Baltimore Ravens e Jacksonville Jaguars ocorrido em Londres, boa parte dos jogadores das duas equipes ficaram ajoelhadas no momento que tocou o hino norte americano.

A ação teve o apoio dos presidentes das duas franquias, que tiveram atitudes fortes e impactantes.

“Nós reconhecemos a influência de nossos jogadores. Nós respeitamos a demonstração deles e os apoiamos 100%. Todas as vozes precisam ser ouvidas. Esta é a democracia em sua maior forma”, declarou o dono do Ravens, Steve Bisciotti. Já o dono dos Jaguars, Shad Khan, chegou a se ajoelhar junto com os jogadores.

O clima entre os esportistas e o presidente do país Donald Trump está bem pesado, nos últimos dias Trump afirmou de que os jogadores que se manifestam durante o hino deveriam ser demitidos e que o público não deveriam ver os jogos como forma de represália a essa atitude.

Desde a temporada passada, diversos jogadores da NFL têm se recusado a levantar para o hino nacional como forma de protesto principalmente pelo tratamento da polícia aos negros no país, após diversos casos de abuso de poder que resultaram até em mortes. A atitude foi encabeçada pelo então quarterback do San Francisco 49ers, Colin Kaepernick, e rapidamente aderida por diversos jogadores, até em outros esportes.

Presidente dos Estados Unidos à época, Barack Obama considerou legítima a manifestação, enquanto o então candidato Trump chegou a sugerir a Kaepernick “procurar outro país” para morar.

 

Sobre o Autor

Jorge Monteiro

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi
Participante dos coletivos Futebol, Mídia e Democracia e Respeito Futebol Clube.
Fundador e comentarista da página Jogo Limpo no Facebook

Deixe um comentário