ESPAÇO MULHER VIDA & BEM ESTAR

O que uma palestra temática traz de diferencial ao seu evento?

1_Evento

1_Strip

Seja chá de lingerie ou outra festa de mulheres, vale a pena investir em uma atração que traga informação e diversão!

O chá de lingerie virou febre entre as noivas e é uma das festas mais esperadas no pré-casamento pelas convidadas. Porém, o chá de panela, o chá bar e até mesmo um chá de bebê, onde sejam convidadas somente mulheres, pode ficar muito diferente e interessante quando há uma palestra temática como atração. Quando se fala em palestra, logo vem à cabeça algo chato, todo mundo sentada só ouvindo. Mas é aí que entra o lado profissional para dar “vida” a este tipo de entretenimento.

Paula Mucedola, personal sex e blogueira no Vontade Secreta, conta que suas palestras não são só sobre sexo, como muitas pensam, mas sobre um conjunto de assuntos que interessam a todo tipo de mulher. “Ela também serve para falar sobre o comportamento das pessoas dentro de um relacionamento e a melhor forma de lidar com diversas situações. Trata-se de autoestima, autoconhecimento, de querer se sentir bem e querer ver o outro bem também”.

1_ProdutosEla propõe três temas às noivas, que podem selecionar um para que ela foque mais durante a palestra: massagem erótica, pompoarismo ou striptease. Assim, a noiva e as convidadas interagem, fazem o passo a passo e ainda aprendem muita coisa em um bate-papo estilo “Clube da Luluzinha”. Paula acredita que esta seja a melhor maneira de aprender técnicas de sedução, novas formas de apimentar a relação e estar entre amigas e conhecidas propicia muito que as mulheres se soltem e fiquem interessadas no assunto. “É uma maneira de quebrar tabus, conhecer produtos sensuais, entender como e quando utilizá-los e ainda por cima descobrir mais sobre si. E vamos falar a verdade, existe momento melhor do que estar entre amigas e poder falar abertamente sobre relacionamentos, tirar dúvidas e ainda compartilhar experiências?”.

PERSONAL SEX NO SEU EVENTO NÃO É MACHISMO!

A profissional conta que muitas vezes é questionada sobre as palestras, onde perguntam se a mulher aprender como seduzir, o que e como fazer não seria machismo, pois é uma forma de agradar ao homem, mas e ela, como fica? Paula ressalta que essa ideia é errada. “Estas palestras e bate-papos são mais voltados para que as mulheres possam se descobrir, enxergar a sua beleza, sensualidade e seu poder de conquista. São interessantes para aprender não só outras maneiras de dar prazer ao parceiro, mas principalmente como conseguir ter mais prazer e se sentir mais à vontade na hora da intimidade”.

Como dica para que o casal não caia na mesmice, inclusive após o casamento, ela sugere massagem, a inserção dos produtos sensuais na vida a dois e até mesmo jogos de sedução, onde surpreender seja sempre a chave do sucesso. “Um dos sinais que mostram que o relacionamento caiu em uma rotina é quando o sexo se torna pouco frequente, chato ou até mesmo desnecessário. O ideal é buscar fazer algo diferente e isso não significa mudar da noite para o dia, decorar o Kama Sutra ou fazer posições mirabolantes. Basta mudar pequenos hábitos, buscar entender as fantasias do parceiro e tentar realizá-las, descobrir novas formas de começar o sexo, novos lugares, novas roupas íntimas, outra forma de seduzir, um novo jeito de falar na hora do amor. Apimentar a relação é importante e pequenos toques fazem grande diferença”.

Serviço:

Vontade Secreta: www.vontadesecreta.com.br ou contato@vontadesecreta.com.br

 

Sobre o Autor

Priscilla Silvestre

Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e Pós-graduanda em Jornalismo Digital, acumula mais de 14 anos de experiência na área. É curiosa por natureza e workaholic por necessidade da profissão. Encara os palcos da vida vestindo os papeis de filha, irmã, mãe, esposa, professora de idiomas, assessora de imprensa, jornalista de capa de revistas, redatora de matérias impressas ou on-line para diversas editorias e ainda se pergunta: "Tempo? Quando a gente realmente quer, sempre dá um jeito!".

Deixe um comentário