VIDA & BEM ESTAR

Cursos de terapias naturais podem solucionar falta desses profissionais no SUS

Ilustração - cursos básicos 3
Written by Redação

Com preços populares, a Universidade Cândido Mendes abre inscrições para os cursos de Drenagem Linfática, Massoterapia, Shiatsu e outros a R$65 cada.

Com base nos princípios das Terapias Holística e Natural, que utilizam uma somatória de técnicas milenares e modernas, a Universidade Cândido Mendes, em parceria com o Grupo Zênite, abre inscrições para a 40ª edição dos cursos voltados nesse nicho. São oferecidas 12 opções, cujas aulas serão iniciadas em outubro no Campus Centro, no Rio de Janeiro. O investimento é de R$ 65 cada um, já incluso certificado de participação. Além do valor atrativo, o aluno que concluir um dos módulos básicos terá um “Plus”: ingressar nos cursos de Formação e ou Aperfeiçoamento, aproveitando descontos especiais, o que lhe dará direito a participar de estágio em ambulatório social de forma opcional, já que o mesmo não é obrigatório.

De acordo com Paulo Roberto Botelho, coordenador dos cursos e diretor do Grupo Zênite, o ambulatório já atende a aproximadamente 250 idosos em vulnerabilidade social, sendo a maioria residente na comunidade da Mangueira, dentro do Projeto Ambulatório Popular Holístico, que já fez mais de 10 mil atendimentos. “Esta é uma ótima oportunidade para quem deseja se especializar em Terapias Naturais”, reforça.

Paulo Roberto 4

Mais de sete mil alunos já fizeram os cursos que podem ser utilizados como ferramentas de trabalho após seu término. Com apoio oficial do Sindicato dos Terapeutas do Estado do Rio de Janeiro, os mesmos são opções de novos ofícios rentáveis nessa época de crescente desemprego no País. Lembrando que as atividades dos terapeutas naturistas ganharam um incentivo com a sanção do governo do Estado do Rio de Janeiro, Lei nº 5471 de 10/06/2009, que estabelece a criação do Programa de Terapia Natural, possibilitando a introdução desta forma de tratamento na rede estadual de saúde.

Por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), o Ministério da Saúde reconhece oficialmente a importância das manifestações populares na chamada medicina não convencional, considerada como prática voltada à saúde e ao equilíbrio vital do homem. Desde o último dia 28 de março desse ano, os hospitais públicos passaram a oferecer tais tratamentos com recursos do SUS, mas até o momento está insuficiente o número de profissionais para atender aos que procuram por tais tratamentos.

Entre os cursos oferecidos estão de Reflexologia, Auriculoterapia, Shiatsu Neuromuscular Integrado, Shiatsu, Massagem Estética, Drenagem Linfática, Massagem Sueca, Craniossacral, Massoterapia Relaxante, Florais com Cromoterapia e Cristais, Ayurvédicas e Thay Yoga. Lembrando que segundo a ONU, o incentivo a prática está aumentando, já que cerca de 80% das doenças que afligem o mundo moderno podem ser tratadas exclusivamente por formas naturais.

As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas na sede do Grupo Zênite, que fica na Avenida Treze de Maio, 47/2805 – Centro do Rio de Janeiro. Os programas completos estão no site http://www.grupozenite.org. Mais informações no telefone 21.2210-1196.

Sobre o Autor

Redação

Deixe um comentário