ESPORTES

Copa Paulista – Ferroviária vence e abre vantagem contra a Lusa

20171104_181056
Written by Marcelo Belotti

A Copa Paulista chegou a semifinal com dois confrontos tradicionais. De um lado XV de Piracicaba e Inter de Limeira e do outro, Portuguesa contra Ferroviária. Ontem a tarde a Ferroviária abriu uma vantagem expressiva para chegar a fina ao bater a Lusa no Canindé pelo placar de dois a zero.

O jogo contou com a promoção do Futebol Sustentável e levou 3.896 pessoas ao Canindé, proporcionando uma arrecadação de R$26.590,00. A torcida da Lusa estava animada com a possibilidade de chegar a final da competição.

Mas o que se viu foram muitas falhas o setor defensivo da Lusa. Em uma delas, aos 13 minutos o atacante Leo  Castro recebeu na área e com um leve toque tirou do goleiro para marcar o primeiro gol do jogo. A zaga da Lusa seguia cedendo muitos espaços.

Aos 23 minutos, um erro da arbitragem complicou o jogo da Lusa, que anulou um gol legítimo de Marcão, assinalando impedimento.

Aos 33 minutos, Ikaro caiu na área e em mais um erro da arbitragem, pênalti para a Ferroviária. Damasceo bateu e marcou o segundo gol da Ferrinha

Aos 35 um outro lance polêmico, o árbitro deu pênalti para a Portuguesa. Mas Guilherme Queiroz bateu mal o pênalti e não conseguiu diminuir o placar

A Segunda etapa mostrou a Lusa sempre com a posse de bola, mas de maneira muito desorganizada. Apesar das chances criadas, o segundo tempo mostrou uma boa atuação do goleiro Tadeu da Ferroviária e o resultado traz a vantagem para o time de Araraquara.

Portuguesa 0x2 Ferroviária
Canindé – São Paulo (SP)
Árbitro – Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes – Evandro de Melo Lima e Vladimir Nunes da Silva
Renda – R$26.590,00
Público – 3.896 pagantes
Gols – Ferroviária: Léo Castro 13′ 1T, Damasceno 35′ 1T

Portuguesa
João Lopes;Paulo Fernando, Gabriel Santos, Marcão e Altemar; Jonatas Paulista,Vinicius (Dedé) e Maicon (Pereira); Guilherme Queiroz, Romarinho (Luizinho) e Fernandinho
Técnico: PC Gusmão

Ferroviária
Tadeu; Alisson, Élton, Luan e Daniel Vançan; Íkaro (Danilo Sacramento), Wilian Favoni, Hygor e Elvis; Léo Castro (Patrick) e Marco Damasceno (Felipe Ferreira).
Técnico: PC de Oliveira

Sobre o Autor

Marcelo Belotti

Deixe um comentário