ACONTECENDO AGENDA CULTURAL

CDC apresenta: O espetáculo da luta social!

Written by Anderson Moraes

 

 

 

 

 

O Jornal Empoderado esteve na noite de ontem no Teatro Heleny Gariba, ao lado da Praça Rossevelt para mais um evento do CDC – Coletivo Democracia Corinthiana

Tema: CULTURA DE INTERDIÇÃO – SOLUÇÕES DE RESISTÊNCIA.

Naquele palco, de ontem, aconteceu um espetáculo, um ato da vida e uma peça que dilacerou mentes e aqueceu corações em busca de rumos. E mais que isso, foi a exposição de um grito e não somente, contra o sistema conservador reinante e sim para que juntos possamos fazer e voltar a fazer.

Cada ato desta peça chamada vida em prol do social foi encenada em falas contundentes de atores militantes. Que cada qual, de forma genial, expôs os problemas e mostraram caminhos. 

Laura Capriglione, dos Jornalistas Livres, lembrou do poema “Tecendo a manhã” – João Cabral de Melo Neto, que tem em um trecho:”Um galo sozinho não tece a manhã: ele precisará sempre de outros galos.”.

Lembro que a saudosa Clementina de Jesus também cantou sobre o galo que desperta e faz ir para a luta já às quatro da manhã. Ela ficaria, enormemente feliz, em saber que os galos cantaram ontem e reacenderam a chama do lampião da luta em prol de uma sociedade justa, humana e socialmente responsável.

Você pode ir caminhando, surfando pelas redes ou pedalando, mas saiba que existem grupos que estendem as mãos para que esta jornada seja mais fácil, solidária e humana. Duvida?

Então conheça o CDC, Jornalistas Livres,  o Thiago, historiador e militante negro do PT, Luis e Dani, cicloativistas (uma das vitimas da PM quando faziam sua manifestação pacifica na Rodovia dos Imigrantes), Flávio, professor do Ludens, na luta para que o futebol seja mais social e menos elitizado,  além do grito feminino da luta palestina e da causa GLBT.

Como peça sem música não pode, para tanto tivemos a linda voz da Vanessa Bumagny com seu novo trabalho “O segundo Sexo”.

Para fechar este espetáculo de tanto valor para vida, merece aplauso todo o corpo de staff do evento e em especial Carlos Ojeda, o diretor e maestro deste espetáculo.

Aplausos!

Sobre o Autor

Anderson Moraes

Deixe um comentário