Marcha MARCHA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

14º Marcha da Consciência Negra! A luta não para!

Written by Anderson Moraes

 

O Jornal Empoderado acompanhou a 14º Marcha da Consciência Negra, no dia 20 de novembro, que expôs o cansaço e a vontade de gritar: Chega queremos ser atendidos e cansamos de teoria.

O clamor geral hoje é que se tenha mais negros e negras no poder para que assim se possa de forma real ver atendidas os anseios e necessidades da população negra.

Mostrando a sim a necessidade de termos maior representatividade política, pois sem assumir o controle efetivo da maquina governamental continuar-se-á apenas indo em passeatas, mesas e afins para projetar e esperar que os governos não negros olhem para a povo preto(a).

As falas foram no um brado para que se tenhamos uma sociedade mais justa para todas e todos. Que a luta é contra contra o racismo, o genocídio do povo negro, o feminicídio, o machismo, o etnocídio, a LGBT fobia, o racismo religioso, o encarceramento em massa e todas as formas de violência e violação dos direitos humanos, contra o golpe que tem promovido a retirada de nossos direitos.

Acreditamos que a sociedade brasileira precisa discutir de forma contundente e, sincera e de frente, a questão do racismo no País.

Que se apague do inconsciente coletivo o mito da democracia racial – Que os brancos assumam sua parcela real de culpa nesse processo; que se institua as cotas em todas universidades estaduais e federais, inclusive São Paulo.

Que tenhamos através de políticas públicas orçamento compatível com nossas demandas, pois sem dinheiro não existe projeto que sai do lugar e que tenhamos representatividade política e nos meios de comunicação da velha mídia de forma séria.

Ou seja, precisamos de muitas mãos para construir esta nação igualitária e respeitosa.

Precisamos ter um 20 de novembro todos os dias, o ano todo!

Ontem a resistência já iniciou quando a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego que não autorizou que um dos caminhões trafegassem pela Paulista, na Marcha.

A chuva foi outro complicador, porém a resistência de um povo que esta a costumado(a) a enfrentar adversidades fez com que famílias, amigos, simpatizantes e até jovens que tiveram ontem seu primeiro contato com a luta negra, marchassem por um futuro melhor.

Ubuntu!

Muitos recados nas faixas

20171120_165120

 

20171120_172912 20171120_17294320171120_165610 20171120_170017 20171120_170023

20171120_170007 20171120_165810 20171120_165703 20171120_165120

20171120_18082320171120_152407 20171120_17324820171120_16454220171120_173133 20171120_17290920171120_164605

Muitas famílias, militantes conhecidos e grupo de amigos!

20171120_185945

20171120_173750 20171120_172113

 

 

20171120_152252   20171120_164734 20171120_17041520171120_17151020171120_17164120171120_185903

20171120_184537

 

20171120_171856 20171120_17171820171120_172111

20171120_18125420171120_175448

20171120_174212 20171120_173750 20171120_17371820171120_173750 20171120_172113

20171120_152332 20171120_165534 20171120_165237

Muitas personalidades!

20171120_203242(0)

20171120_18490420171120_174420

20171120_181550

20171120_181122

20171120_180244

20171120_173339  20171120_173203

RELIGIÃO PRESENTE NO ATO!

20171120_183902

Até a paisagem ajudou a dar o tom da Marcha!

20171120_182152 20171120_182406   20171120_180952

Marcha-se por todos(as)!

20171120_175003  20171120_17151920171120_175251

 

20171120_171742

Passamos na Feira Preta!

20171120_202353

Sobre o Autor

Anderson Moraes

Deixe um comentário